Gestão Suas

Indicadores para Diagnóstico e Acompanhamento do SUAS

Indicadores para Diagnóstico e Acompanhamento do SUAS

A consolidação da assistência social enquanto política pública ainda requer o enfrentamento de importantes desafios, e para tanto, é importante que os profissionais que atuam no Sistema Único de Assistência Social (SUAS),  tenham uma visão capaz de identificar as reais necessidades da população, conhecer os riscos e as vulnerabilidades as quais estão sujeitos, mas também as possibilidades ou capacidades que devem ou podem ser desenvolvidas. Dessa forma, realizar uma análise da situação requer um diagnóstico e um acompanhamento por parte do SUAS para a formulação,Continue lendo

Qual a diferença entre CRAS e CREAS? Entenda.

Qual a diferença entre CRAS e CREAS? Entenda.

CRAS é o Centro de Referência de Assistência Social e CREAS significa Centro de Referência Especializado de Assistência Social. Você seria capaz de dizer o que faz a diferença entre CRAS e CREAS? Com base na Política Nacional de Assistência Social (PNAS), a Norma Operacional Básica do Sistema Único de Assistência Social (NOB/SUAS) regulou a organização em âmbito nacional do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) de forma descentralizada, participativa e articulada com as demais políticas setoriais. Definiu ainda os serviços e programas em níveis de proteção: Proteção Social BásicaContinue lendo

Gestão da Assistência Social: planejando mais um ano de trabalho

Gestão da Assistência Social: planejando mais um ano de trabalho

Todo trabalho para ser executado com excelência, deve ter um planejamento. Com a política de assistência social não é diferente; essa requer organização das ações que devem ser executadas, uma vez que existem demandas a serem atendidas e um orçamento a ser cumprido. O planejamento na área da assistência social ainda precisa ser mais adotado por gestores e gestoras, responsáveis diretos pela coordenação geral dessa política, com uma linha de trabalho onde este planejamento esteja atrelado a monitoramento e avaliações constantes, visto que a assistênciaContinue lendo

Emergência e calamidade pública: o papel do SUAS em desastres

Emergência e calamidade pública: o papel do SUAS em desastres

Estiagens severas, ventos fortes, chuvas de granizo, enchentes, escorregamentos de encostas, incêndios ou desmoronamentos de habitações. Desastres como estes atingem milhares de famílias e indivíduos no Brasil, provocam rupturas momentâneas ou definitivas do acesso a água potável, alimentação, moradia, perda de documentos e pertences pessoais e agravam situações de vulnerabilidade social. Neste post abordaremos como tais eventos são caracterizados como situações de emergência ou de calamidade pública e as possibilidades e limites da Assistência Social para provisão e recursos necessários ao atendimento. Desastre e vulnerabilidadeContinue lendo