Jader Lopes

Jader é mineiro formado em Serviço Social pela Faculdade Doctum em Teófilo Otoni (MG). Atuou como assistente social no 1º CREAS Regional da Bahia e, de volta à Minas Gerais, trabalhou em Unidade de Acolhimento Institucional para Crianças e Adolescentes e em Abrigo para pessoas em Situação de Rua. Atuou também no Programa Mediação de Conflitos da Política de Prevenção à Criminalidade do Estado de Minas Gerais e foi coordenador da Equipe de Vigilância Socioassistencial do município de Coronel Fabriciano (MG). Atualmente é Analista do GESUAS e faz o suporte especializado de assistência social para os municípios que fazem uso do sistema.

Descomplique o SISC com o GESUAS

Descomplique o SISC com o GESUAS

O atendimento e acompanhamento de famílias dentro da Política de Assistência Social passa pela necessidade de registro e contabilização de sua capilaridade. Há necessidade de monitoramento contínuo e mínimas garantias de que seus serviços estejam direcionados a quem realmente precisa. Um destes serviços é o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), ligado aos CRAS. Seu objetivo é trabalhar as relações comunitárias e familiares no intuito de potencializar as riquezas já existentes e suas interações, na busca por uma valorização do sentido de vidaContinue lendo

Tudo sobre encaminhamento no SUAS + modelo de formulário para download

Tudo sobre encaminhamento no SUAS + modelo de formulário para download

Você acredita ter conhecimento da importância do encaminhamento no SUAS? Como eles são feitos na sua unidade, atualmente? Além de explicar tudo o que você precisa saber, nós preparamos um modelo de formulário de encaminhamento para download gratuito que será capaz de ajudar qualquer município a organizar seus fluxos de referência e contrarreferência. Fica com a gente para entender isso e acessar nosso modelo de encaminhamento para CRAS, CREAS ou qualquer unidade socioassistencial! Uma das maiores virtudes no acompanhamento e/ou atendimento sociofamiliar é o reconhecimento deContinue lendo

Benefícios Eventuais com o GESUAS

Benefícios Eventuais com o GESUAS

Um dos maiores desafios para as equipes que compõem a Política de Assistência Social é sem dúvidas a gestão de Benefícios Eventuais. Essa dificuldade vai desde entender a relação entre a concessão destes e seu impacto na superação de vulnerabilidades e riscos sociais até a prestação de contas dos benefícios negados e concedidos. O deferimento de um benefício eventual está atrelada a uma avaliação técnica quanto ao contexto familiar, de forma estratégica e temporária, para atender a alguma necessidade imediata da família. Para isto, entende-seContinue lendo

3 dicas para um planejamento de sucesso

3 dicas para um planejamento de sucesso

Um dos maiores desafios para profissionais da assistência social é dar materialidade para o subjetivo. Em quantos graus os vínculos familiares e comunitários foram fortalecidos após seis meses de trabalho do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos? Ou quantas famílias acompanhadas pelo CREAS não mais sofrerão violências? Quantos adolescentes deixaram de ser vítimas de homicídios após intervenções das equipes técnicas? Estas perguntas beiram à impossibilidade de serem respondidas, mas rodeiam o cotidiano dos profissionais que trabalham prioritariamente para o enfrentamento das vulnerabilidades e riscosContinue lendo